Buscar processo     
Veja aqui o arquivo de videos.
Prefeitura Municipal de Goiânia
Governo do Estado de Goiás
Governo Federal
Sindicato dos Funcionários do Legislativo Goianiense
Acompanhe-nos

Siga-nos no Twitter Acompanhe-nos no YouTube Acompanhe nossas notícias através do nosso RSS Acesse a nossa fanpage
Curiosidades

          Curiosidades


          Nem só de dificuldades e sisudez viveram os vereadores que passaram pelo Legislativo goianiense. Há relatos engraçados e curiosos que ilustram bem como era o dia-a-dia da Câmara.

          A seguir, uma seleção de alguns dos "causos" que nunca foram esquecidos e que merecem um registro especial na História de Goiânia.


          Madrugar é preciso

          Na 1ª Legislatura, os candidatos Maria José Cândido de Oliveira e Agenor Rodrigues Chaves, do PSD, tiveram exatamente o mesmo número de votos. O caso acabou indo parar na Justiça, para que se decidisse quem tinha direito à vaga. O impasse durou cerca de seis meses. Enquanto isso, o vereador que chegasse primeiro era quem ocupava o assento no Plenário. Foi uma situação engraçada, porque os dois ficavam disputando quem se sentava na cadeira diariamente. O critério avaliado foi a idade dos candidatos. O mais curioso é que ambos eram nascidos no mesmo ano. A disputa também foi acirrada para provar quem era o mais velho. O ex-vereador Odon Rodrigues de Morais lembra que o fato foi mais inusitado ainda porque era a primeira vez que se via uma mulher brigando para ser mais velha. Ele conta que até escreveu um artigo sobre assunto e enviou para a revista O Cruzeiro. O texto foi publicado e teve grande repercussão.


          Pedro Teixeira

          Vereador muito dedicado, com fama de conciliador e bom articulador, Pedro Xavier Teixeira (Arena) ocupou também a presidência da Casa em 1971/1972, considerado um período muito difícil para o Legislativo. Apesar disso, conseguiu exercer seus dois anos na presidência com desenvoltura e firmeza, pois tinha o respaldo de seus pares. Tornou-se também uma figura folclórica por ter um temperamento forte e ser, às vezes, brigão. Mas foram as expressões que ele utilizava em sua fala que o tornaram mais famoso. "Vossa excelência é um leproso moral", foi uma de suas pérolas dirigidas a outro vereador. O apelido de Pedro Besteira teria surgido em uma partida de futebol. Pedro era goleiro do Goiás Esporte Clube. Nessa partida, ele resolveu abandonar o gol e saiu driblando os adversários na tentativa de marcar um gol em favor de sua equipe. Mas um dos jogadores do outro time tomou-lhe a bola, aproveitou a ausência dele no gol e marcou.

          A partir deste episódio, os amigos passaram a chamá-lo de Pedro Besteira.

Câmara Municipal de Goiânia Av. Goiás, 2001 Setor Central - Goiânia - GO 74.063-900 Fone (62) 3524-4200